Certificado Cadastur - Ministério do Turismo do Brasil - 26.064298.80.0001-2

Travessia SJ Rio Pardo à Caconde

  • 31/03/2017

Pedal saindo de São José do Rio Pardo com destino à cidade de Caconde, passando pelo MIrante, Usina Velha de Caconde e por alguns trechos da trilha da "Rota do Fuga" até o Castelo de Pedras.


Pra iniciar o ano de 2015, nos reunimos para um pedal entre amigos (Luciano Carneiro, Silas Roque, Patu, Roxin e Calegari) com destino ao Mirante em Caconde, no dia 02 de janeiro, como o primeiro pedal de 2015.

Partimos de São José do Rio Pardo às 7hs, como de sempre da Praça da Várzea, de onde recebemos nosso amigo Deivid Roxin, que veio de Mococa para este pedal.

O percurso de ida até o km 30 é bem tranquilo, passando pelo Barreirinho, Fazenda Fortaleza e a Venda da Dona Deuza (famoso ponto de encontro dos ciclistas que sempre param ali para um rápido lanche), com bastante retas e com paisagens agradáveis às margens do Rio Pardo.

A partir do km 30, começam as subidas, que vão se acentuando cada vez mais até a chegada no asfalto (Caconde/Divinolândia), desta vez resolvemos cortar um trecho do percurso, passando nos fundos da Pousada do Xerife, corta-se uns 2km de asfalto, porém a subida até a pousada é bastante dura, tivemos que empurar as bikes por cerca de 1km até a chegada a Pousada.

A subida para o Mirante é bem puxada, principalmente nos últimos 2km finais, o que ajudou bastante foi o fato da estrada estar asfaltada, desde o trevo da rodovia até o Mirante, da última vez que tinha passado por ali, há uns 6 meses atrás ainda era por terra. Não demorou muito e logo passamos pelo portal 11 11 e adentramos na *Praça do Mirante.

 

*PRAÇA DO MIRANTE

  • Situada a 14 Km da cidade de Caconde, a uma altura de 1.195m, com 360° de visão de horizonte, a Praça do Mirante é um camarote de luxo para se apreciar o espetáculo da natureza. À Norte, no meio da beleza do relevo, avista-se a cidade de Caconde. À Leste, contempla-se a beleza grandiosa do Lago da Represa Caconde que ao amanhecer faz-se dourado ao refletir a luz do Sol e prateado ao anoitecer ao espelhar a luz da Lua. Ao Sul, por onde se chega, transpondo o seu implicante e significativo Portal 11:11, também se avista o Cristo Redentor de Poços de Caldas, incrustado nos contornos da Mantiqueira. E à Oeste, o relevo e o contorno dos morros mais próximos se emprestam como molduras à mãe natureza que, com sua divina arte, oferece aos observadores grandiosos espetáculos ao pôr-do-sol. A Praça do Mirante foi construída com a preocupação de manter e divulgar a já existente alma mística do local, que se avizinha da igrejinha do grande rezador, Sr. Pedro Ribeiro, a quem são atribuídas fortes rezas com efeitos milagrosos. Além da intenção descrita, pretende-se oferecer ao cidadão do 3° milênio da Era de Aquário, um templo ecumênico, um espaço que com sua simbologia dá boas vindas a todas as correntes de pensamento. Com o formato de um Trevo de Quatro Folhas, a praça recebe seus visitantes, desejando, a todos, boa sorte. Essa visita permite o contato com uma intrigada conjunção de símbolos, que vai desde as Pirâmides à Estrela de Seis Pontas (a androginia perfeita, o sexo dos deuses), da Cruz de Malta à Flor de Lótus de Mil Pétalas (chackra da coroa), dos Trigramas do Ba-Guá à Conexão Cósmica, do Portal de Resgate dos Espíritos Evoluídos à Sequência Numérica de Solara (Chave de passagem entre as diferentes dimensões). Tudo isto, cria para os entendidos, um clima de familiaridade e êxtase e, para os não entendidos, uma sensação de curiosidade. Enfim, um lugar de onde se contempla o universo exterior, através da magnífica natureza ao seu redor, e se alimenta o universo interior, através da contemplação, do relaxamento e da meditação. Um lugar que faz a gente se sentir muito mais perto de Deus. Localização: Estada Caconde / Divinolândia entrada a esquerda no Km10 seguir por 2km até o Mirante.
  • Uma curiosidade a praça do Mirante tem o formato de um trevo de quatro folhas.

 

Ali ficamos um bom tempo curtindo a paisagem e também tiramos algumas fotos.

Em seguida nosso destino seria a Usina Velha se Caconde, que fica situada a 6km do mirante, que por nossa alegria seria somente de descidas, passando pela Barragem a entrada para a Usina Velha fica há poucos metros do restaurante Cabloquinho numa porteira amarela, onde é pago a taxa de entrada de 5,00 por pessoa. Não fizemos a entrada ali, 500 metros a frente tem outra entrada, uma porteira verde, não é aberta à entrada de carros, mas de bicicletas entramos ali no portão lateral e seguimos pela trilha, por cerca de uns 3km, adentramos dentro da Mata numa trilha muito bonita, por single tracks, troncos no chão e escutamos o barulho da água, chegamos na *Usina Velha, onde ali paramos para um banho nas corredeiras do Rio Pardo.

 

*USINA VELHA 

  • No leito desviado do Rio Pardo, existem ruínas das antigas casas das máquinas de uma hidroelétrica, lagos e piscinas naturais próprias para banhos e mergulhos, e é cercada por extensões de Mata Atlântica. Começa na saída do “Túnel do Fuga” ( Túnel de 3 Km, aberto em uma única rocha, cavada pela erosão da água durante milhões de anos; um fio d’água corre no fundo e forma verdadeiras piscinas naturais e pequenas cachoeiras, que canaliza a água que passa pelas turbinas) e termina nas ruínas da Usina Velha. O percurso de 4 km de extensão, passa por matas, margens de lagos, cachoeiras, belas e exóticas formações rochosas, onde originalmente desciam as águas do Rio Pardo. O cenário impressiona não só pela beleza mas porque imprime a sensação de exploração de um lugar totalmente desconhecido, com a rocha retorcida um tom avermelhado, alienígena. Passando de uma margem, a outra todo tempo, surge uma praia paradisíaca. Daí então a trilha passa por ilhotas, corredores de pedra e entra pela mata atlântica desembocando num grande poço, profundo.
  • A Usina Hidrelétrica de Caconde é a 1ª no hemisfério Sul e a 2ª no mundo a usar o sistema subterrâneo de sala de Máquinas (Turbinas), o que obrigou a construção de um túnel de fuga, na extensão de 2,5 km, para água turbinada, o que provocou um desvio do leito do Rio Pardo e criou o trecho hoje conhecido como “Trilha do Fuga”.

Margeamos a Usina Velha, passando por trechos da Trilha do Fuga, por entre trilhas na mata, nosso destino seria o Castelo de Pedras, tivemos que pular uma cerca, para termos acesso à trilha que nos levaria ao Castelo de Pedras, passamos por pontes de troncos nos lagos e logo nos deparamos com o Castelo, uma construção muito bonita, feita totalmente de pedra no formato de um castelo, abandonado e interminado, na mata.

Retornamos pela trilha até a rodovia e seguimos até a cidade de Caconde, onde pegamos novamente a estrada de terra com destino à Fazenda Fortaleza e por fim São José do Rio Pardo.

 

Pontos turísticos do percurso:

  • Fazenda Fortaleza
  • Mirante de Caconde
  • Usina Velha 
  • Castelo de Pedras

 

Informações:

  • Distância: 92km
  • Ganho de elevação: 1.975 metros
  • Nível: Intermediário/Forte

 

BAIXE AQUI O ARQUIVO GPX DESTE PERCURSO

 

CONFIRAM AS FOTOS!!!

Compartilhe

Curta nossa Fan Page

Imagens

ACESSE O SITE

Ainda não possui conta? Clique aqui para se cadastrar!

Esconder

Recuperar senha?

Perdeu a senha? Informe o seu e-mail. Você receberá um link para recuperar a senha.

Mensagem de erro!



Voltar para login

Fechar

Próximo Evento: CICLO AVENTURA FURNAS - 17/02/2019

Bikers Rio Pardo | CICLO AVENTURA FURNAS