Certificado Cadastur - Ministério do Turismo do Brasil - 26.064298.80.0001-2

Olha o breque! Veja o ideal para sua bike

  • 12/03/2015

Freio a disco ou ferradura? Hidráulico ou mecânico? Veja características de cada modelo e saiba qual é melhor para você


Freio a disco ou ferradura? Hidráulico ou mecânico? Veja características de cada modelo e saiba qual é melhor para você

Um bom sistema de freios é fundamental para qualquer bicicleta, independentemente se o uso for destinado ao transporte no dia a dia, à prática esportiva ou apenas ao lazer. Um sistema eficiente deve proporcionar uma frenagem precisa para casos de emergência e ao mesmo tempo permitir ao ciclista um bom controle da velocidade, principalmente nas descidas. Mas em meio a tantos modelos que surgiram com o avanço da tecnologia, qual seria o mais adequado para o seu tipo de pedal?

Listamos os principais de acordo com o tipo de bike. Confira!

Utilização

Mountain bikers já usaram largamente o cantiléver, entretanto, na última década passaram a utilizar outros três tipos de freios: V-Brakes para bikes de entrada, disco mecânico no começo das intermediárias e discos hidráulicos das intermediárias em diante. Os V-Brakes e os discos mecânicos estão direcionados para o uso recreativo na cidade ou em trilhas mais básicas, o que não impede o seu uso em percursos mais técnicos por parte de ciclistas mais experientes, que têm maior controle de seu equipamento – mas vale lembrar que os próprios fabricantes indicam a utilização de discos hidráulicos para tais terrenos. Os freios hidráulicos também são diferenciados pelos fabricantes de acordo como segmento do MTB.

Para downhill e freeride, são utilizados freios com pinças de quatro a seis pistões, com discos de mais de 200 mm. Tais freios têm uma enorme capacidade de frenagem para poder aguentar as altas velocidades atingidas nessas modalidades, contudo são um pouco mais pesados e funcionam melhor com pneus mais largos, que possam aderir mais ao solo, fazendo valer sua potência. Nos segmentos de Racing e trail, os modelos possuem dois ou quatro pistões e discos com diâmetro de 180 e 160 mm, mas que podem chegar a 140 mm na traseira em caso de competições em circuitos que tendem a ser menos íngremes, com descidas menos longas.

 

Estrada

Na grande maioria dos casos, as bikes de estrada utilizam os cálipers mecânicos, pois é o sistema de frenagem que acompanha a evolução da modalidade desde seus primórdios e oferece uma gama de modelos que suprem as necessidades de todos. Mas existem duas novidades no segmento: os cálipers hidráulicos e os discos hidráulicos. No primeiro caso, a maior vantagem está na maior potência de frenagem e na aerodinâmica, pois seu tamanho quase não o diferencia do modelo mecânico. No caso do disco hidráulico, as vantagens são a potência e o controle da frenagem. Para ambos os casos de sistema hidráulico existe uma desvantagem, que é o fato de os manetes de freio estarem integrados ao sistema de câmbio, o que faz com que estes fiquem muito volumosos ou necessitem de um reservatório externo. Outro ponto contra é o fato de as bikes de estrada possuírem pneus bastante finos, o que por si só não permite grandes frenagens — afinal, de nada adianta o sistema de freios travar as rodas e os pneus derraparem. Em tempo, os sistemas hidráulicos reduzem a fadiga nos dedos, mão e antebraços gerada por descidas íngremes e contínuas. Alguns modelos aerodinâmicos de bike podem utilizar U-Brakes ou V-Brakes como opção, pois ambos os sistemas possuem frenagem superior à dos cálipers mecânicos e possibilitam escondê-los no quadro.

 

Triathlon

Em geral, as bikes de triathlon compartilham os mesmos sistemas de freio das de estrada, exceto pelo fato de seus manetes serem separados dos trocadores, pois estes ficam nas pontas do clipe para permitir a mudança de marcha em posição aerodinâmica, deixando os freios sozinhos nas pontas do guidão. Vale ressaltar que a potência de frenagem é menos importante no triathlon do que no ciclismo de estrada, pois os percursos são mais planos. Já no caso de provas em montanhas, não são permitidas bikes de contrarrelógio. Esse segmento, contudo, tem inovado nos tipos de freio buscando maior aerodinâmica. V-Brakes e U-Brakes costumam ser mais fáceis de esconder no quadro para reduzir o arrasto, e os cálipers hidráulicos permitem maior curvatura e menor comprimento dos conduítes, pois não possuem um cabo de aço que depende de grandes ângulos para funcionar corretamente.

 

Urbana

Cáliper, cantiléver, V-Brake, U-Brake, discos, contrapedal — apesar de ser a modalidade menos exigente em termos técnicos, o uso diário e extensivo das bikes urbanas faz com que todos esses tipos de freios possam ser utilizados de acordo com a proposta da bike, seja pela funcionalidade, durabilidade ou simplesmente pelo estilo.

 

Antes de escolher um tipo de freio

Verifique qual será seu uso e quais benefícios reais o modelo escolhido trará. Lembre-se de averiguar a compatibilidade do modelo com o quadro e o garfo/suspensão e dos discos com os cubos das rodas. Veja também se há disponibilidade das sapatas, pastilhas e (ou) discos no mercado, assim como assistência técnica adequada.

 

Matéria publicada na revista Vo2bike #105, de setembro de 2014
Por André Escudeiro

Compartilhe

Curta nossa Fan Page

Veja também

Bikers Rio Pardo | Dica | Suplementos indicados para ciclistas aumentarem sua performance e garantir uma melhor recuperação

Suplementos indicados para ciclistas aum...

Leve suas pedaladas a outro nível com esses alimentos auxiliares

Bikers Rio Pardo | Dica | Vai fazer uma ciclo viagem, e vai acampar?

Vai fazer uma ciclo viagem, e vai acampa...

Primeiros Socorros para Picadas de Aranhas Peçonhentas

Bikers Rio Pardo | Dica | Pós-treino MTB: 5 formas de acelerar a recuperação

Pós-treino MTB: 5 formas de acelerar a r...

Tão importante quanto treinar de forma intensa é fazer uma correta recuperação para o próx... veja +

Bikers Rio Pardo | Dica | Como conservar e limpar capacete de bicicleta

Como conservar e limpar capacete de bici...

Ao chegar de uma trilha, você simplesmente coloca o capacete em qualquer canto e pronto? E... veja +

ACESSE O SITE

Ainda não possui conta? Clique aqui para se cadastrar!

Esconder

Recuperar senha?

Perdeu a senha? Informe o seu e-mail. Você receberá um link para recuperar a senha.

Mensagem de erro!



Voltar para login

Fechar

Próximo Evento: CICLO AVENTURA - NOVA RESENDE-MG - 06/05/2018

Bikers Rio Pardo | CICLO AVENTURA - NOVA RESENDE-MG